10 perguntas de feedback para usar com seus funcionários hoje

O feedback é a ferramenta ideal para alinhar os objetivos dos profissionais aos da empresa, mas será que você está fazendo as perguntas certas?

Perguntas de feedback para funcionários

Além de medir o desempenho dentro da empresa, o feedback é importante para direcionar os profissionais de acordo com os objetivos corporativos e para que eles também possam crescer, pois é uma forma de reforçar as qualidades e encontrar maneiras de melhorar os pontos fracos.

Porém, é importante que as perguntas de feedback para funcionários não sejam vistas como puxões de orelha, mas como críticas construtivas, sejam negativas ou positivas.

Um bom feedback produz autoconhecimento e responsabiliza, mas também gera aprendizado e ação. Será que você sabe fazer isso?

Confira as 10 perguntas a serem feitas a seus funcionários

1.  Qual o seu nível de satisfação com a empresa?

Quem é líder deve enxergar o feedback como uma via de mão dupla. Não é só o funcionário que deve ser avaliado, mas o ambiente como um todo. Por esse motivo, perguntas de satisfação do funcionário com relação ao ambiente, colegas, gestores, recursos que possui para trabalhar ou treinamentos oferecidos, são essenciais.

Deixe o funcionário avaliar o entorno e que ele fale sobre qualquer aspecto da empresa, mostrando suas satisfações e insatisfações. Só assim poderá ser criado um ambiente mais favorável a todos.

2.  Por que você deseja o desligamento?

Pode parecer estranha essa pergunta, mas se você não costuma manter um diálogo transparente com seus funcionários, um pedido de saída da empresa de surpresa, que não envolva questões pessoais, é um sinal de que você deve estar mais atento ao que anda acontecendo, e que determinadas decisões talvez estejam afastando bons funcionários.

Tenha certeza de que uma das perguntas mais importantes para se fazer a quem pede desligamento é qual o real motivo que levou a pessoa a fazer isso. Assim, você terá novas percepções e poderá rever políticas de contratação e gestão, e até mesmo as premiações oferecidas pela empresa.

3.  Sabia que este trabalho ficou ótimo?

Alimente feedbacks positivos, que reconhecem trabalhos bem feitos, que exigiram dedicação e até mesmo superação dos seus funcionários. Acredite: ser reconhecido é um dos feedbacks mais importantes para qualquer funcionário dedicado, que se esforçará sempre no mesmo nível para seguir tendo esse reconhecimento.

Ser reconhecido gera senso de pertencimento à empresa e aumenta a produtividade.

4.  Existe algum projeto em que você gostaria de trabalhar se pudesse?

Dê aos seus funcionários a chance de dizerem no que gostariam de trabalhar. Às vezes, não que a pessoa não esteja gostando do projeto no qual está trabalhando, mas talvez ela sinta vontade de participar de algum outro projeto da empresa, em que ela logicamente trabalharia com uma disposição ainda maior.

Então não custa perguntar se existe essa vontade e de tempos em tempos reavaliar processos, pessoas e projetos.

5.  O que você quer fazer daqui 5 anos?

Mostre que se importa de verdade com as pessoas que trabalham com você.

Fale dos planos delas a longo prazo, entenda onde querem chegar, o que imaginam para o futuro. Isso ajudará você a entender melhor seus funcionários e pode ser uma ótima oportunidade para compartilhar os planos da empresa para o futuro com eles, alinhando expectativas.

6.  Que habilidades você gostaria de desenvolver?

Entenda as necessidades das pessoas. Talvez elas gostem muito do que fazem, mas precisem de algum apoio específico com determinadas questões, e só contarão se você perguntar, seja por meio de treinamentos profissionais ou outros tipos de apoio, como o psicológico, por exemplo.

Entenda que competências o funcionário gostaria de aprimorar profissionalmente ou que habilidades emocionais sente que podem ser melhoradas, como controlar a ansiedade, e ofereça algum tipo de suporte.

7.  Você se sente desafiado?

A pior coisa que pode acontecer com um profissional é se acomodar. Talvez seja relativamente cômodo no início, mas, a longo prazo, até mesmo para o profissional uma situação de acomodação fará com que ele busque desafios em outra empresa.

Por que não seguir desafiando seus funcionários constantemente? Se ao fazer essa pergunta você ouvir mesmo que de uma única resposta que a pessoa não se sente desafiada ou se totalmente confortável na posição em que se encontra, talvez seja a hora certa de começar a motivar a equipe e tornar tudo mais atraente.

Até mesmo profissionais que não gostam de sair da zona de conforto ganham mais gás quando desafiados.

8.  Você se sente sobrecarregado?

É comum que, na correria dos dias, a pauta de trabalho cresça e as pessoas simplesmente façam de tudo para corresponder às tarefas que surgem trabalhando muito. Isso significa levar trabalho para casa e fazer horas extras. O que pode ser muito bom para a sua empresa, mas será que é bom para seus funcionários?

Pergunte como a pessoa se sente com a quantidade de tarefas que tem, deixa-a falar sobre isso de forma natural e corrija os excessos descobertos.

9.  Se você fosse o CEO, qual a primeira coisa que mudaria?

Assim como para todas as outras questões, é importante manter uma postura de igual para igual o tempo todo durante perguntas de feedback, então não pergunte esperando elogios, mas uma resposta sincera.

Nem mesmo quem está no cargo mais alto da empresa deve ser visto como mais importante. Todas as pessoas da empresa devem ser vistas de forma igual.

Deixar o funcionário se colocar no lugar de um chefe e entender o que ele, do ponto que está, mudaria. É um bom caminho para exercitar isso, encontrar observações surpreendentes e até mesmo soluções.

10.  Como posso ajudar você?

Por fim, busque sempre ajudar seus funcionários. Demonstre que os objetivos da empresa nunca serão tornar a vida profissional de quem quer que seja difícil ou cheia de obstáculos.

Faça perguntas sinceras para ouvir respostas honestas e tomar as melhores decisões para a sua empresa.

Acompanhe o melhor conteúdo sobre
gestão de Recursos Humanos!

Deixe seu e-mail e receba conteúdo para aumentar o seu desempenho na gestão de pessoas!

O que você achou do post?

1 Resposta

Deixe seu comentário