O que fazer quando os funcionários perdem o foco no trabalho?

Uma equipe focada tem o poder de alcançar os objetivos de uma empresa com mais facilidade. Dessa maneira, mantê-la focados deve ser prioridade.

Manter foco dos funcionários trabalho

O foco dos seus funcionários no trabalho deve ser observado e alimentado diariamente. Qualquer que seja a mudança no ambiente de trabalho do colaborador pode interferir em seu foco, deixando-o desatento e, até mesmo, desestimulado com o que faz.

Ter foco em algo é sinônimo de perseverança e também de resiliência, visto que, quando alguém está focado e em busca de um objetivo almejado, imprevistos podem acontecer e, mesmo assim, restar espaço e motivação para continuar.

Por isso, pode ser assustador perceber que os funcionários estão perdendo o foco no trabalho, já que, em um cenário empresarial, grande parte dos objetivos a serem alcançados são aqueles desejados pela organização.

No entanto, a notícia boa é que o foco pode ser resgatado e melhorado à medida que o gestor descobre a causa da perda de foco e investe em estratégias para solucionar o desinteresse dentro da empresa.

Como melhorar o foco no trabalho?

Para lhe ajudar, preparamos cinco dicas do que fazer quando seus funcionários estiverem desatentos e desmotivados no ambiente de trabalho. Acompanhe:

1.  Faça uma pesquisa de clima organizacional

O primeiro passo para restabelecer o foco dos seus funcionários no trabalho é encontrar a causa desse desinteresse, pois, dessa forma, é possível eliminar o mal pela raiz. Uma boa opção é realizar uma pesquisa de clima organizacional com foco na identificação do problema.

Para que a pesquisa cumpra com o seu propósito, é necessário encaminhar à sua equipe um formulário digital com perguntas pré-estabelecidas, de acordo com observações anteriores sobre o tema: foco no trabalho.

É importante que os profissionais tenham suas identidades preservadas e sintam-se seguros para responder as perguntas do questionário.

Outra opção é realizar uma conversa com os funcionários que demonstram a falta de foco dentro do ambiente da empresa, ouvido-os atentamente e demonstrando interesse por seus motivos.

Além disso, o ideal é que a comunicação bilateral e a relação de confiança estabelecida neste momento permaneça em sua corporação.

2.  Analise a relação colaborador-cargo

 Um dos mais comuns motivos de desinteresse dentro de uma organização é a não compatibilidade do profissional com a função que exerce. Para superar esse ponto, há dois caminhos:

1.  melhorar o processo de contratação de futuros colaboradores e preenchimento de vagas;
2.  realizar uma avaliação de desempenho e realocar os funcionários.

Nesse momento, é bom lembrar que para realocar um colaborador, é preciso realizar um processo de onboarding, ou seja, integrar efetivamente o funcionário no novo cargo, pois essa é uma das maneiras mais seguras de obter sucesso na transição.

3.  Descubra o que motiva seus colaboradores

Você já pensou que talvez seus colaboradores estejam desmotivados e, por esse motivo, desatentos? É natural que as pessoas fiquem dispersas quando não enxergam sentido naquilo que estão fazendo no momento.

Nessa situação, ouça seus colaboradores e conheça o que os motiva e quais são suas aspirações dentro da empresa. Fazendo isso, é possível estabelecer, em conjunto com o funcionário, um plano de carreira para ele, além, é claro, de metas individuais e coletivas à equipe.

Ao fazer isso, a motivação é reavivada e o foco também.

4.  Invista em programas de incentivo e capacitação

Qual foi a última vez que você fez da sua empresa um ambiente de aprendizado? Ou, ainda, ofereceu aos seus colaboradores alguma espécie de incentivo?

Se a resposta for “há alguns longos meses” ou “não consigo lembrar”, não é de se admirar que eles estejam desmotivados, sem foco e improdutivos.

Uma boa opção para tirar seus colaboradores do modo “avião” é mantê-los interessados e motivados por meio de estratégias de gamificação, ou seja, utilizar a filosofia dos jogos para engajar a equipe, oferecendo premiações e recompensas ao final de cada etapa da gamificação.

Investir em programas de incentivo e capacitação é inserir no ambiente de trabalho a política de reconhecimento. Afinal, qual colaborador não muda sua postura ao ser notado por sua empresa?

5.  Dê e receba feedbacks

Por fim, acostume-se a dar e receber feedbacks dos seus funcionários, pois no momento em que você comunica ao seu colaborador o que precisa ser melhorado e ouve suas colocações acerca da cultura organizacional de sua empresa, os processos internos passam a funcionar melhor.

Conversar diretamente e demonstrar empatia com os profissionais que estão perdendo o foco no trabalho são meios de solucionar o problema. Já que o desinteresse ou distração pode estar atrelado, também, a problemas pessoais do colaborador.

Essas estratégias são utilizadas por organizações que consideram, de fato, o profissional um ser humano e não apenas uma peça na engrenagem do sistema empresarial. Além disso, são estratégias de uma empresa com foco na gestão de pessoas.

Por fim, é preciso ressaltar o poder do foco, isto é, os benefícios que uma equipe engajada pode trazer para os resultados finais de uma empresa.

Funcionários concentrados, motivados e felizes com suas funções são, consequentemente, mais produtivos, resultando na estabilidade financeira e na longevidade do negócio no mercado. Por isso, cultive o foco dos seus funcionários no trabalho.

Acompanhe o melhor conteúdo sobre
gestão de Recursos Humanos!

Deixe seu e-mail e receba conteúdo para aumentar o seu desempenho na gestão de pessoas!

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário