Sistema de Avaliação de Desempenho - O que é, tipos e métodos

Avaliar o desempenho de toda a sua equipe de colaboradores é essencial para motivá-la, dar destaque aos melhores talentos e manter alto o nível de produtividade.

Sistema de Avaliação de Desempenho

O sistema para avaliação de desempenho, nas empresas, serve como uma ferramenta essencial de motivação e estímulo para os colaboradores. Mas não só isso: uma empresa é feita de pessoas e resultados precisam ser entregues - e é aí que podemos afirmar que esta ferramenta serve, também, para medir os resultados.

Se você ainda não conhece o que é avaliação de desempenho ou, se já sabe, mas quer aprofundar no tema, continue essa leitura em que demonstraremos exemplos, tipos e métodos para que você possa utilizar esta ferramenta imediatamente na sua empresa, garantindo os melhores resultados e uma equipe altamente motivada para entregá-los.

Segundo o dicionário, a palavra "sistema" significa conjunto de elementos, concretos ou abstratos, intelectualmente organizados. Dito isto, ao falarmos de empresas, tudo precisa ser concreto (e, implementar um sistema é justamente minimizar o abstrato) e intelectualmente organizado.

Numa avaliação de desempenho, o conjunto de elementos a ser sistematizado vai depender de fatores únicos, de acordo com as necessidades. Se quiser avaliar um único funcionário ou uma equipe, qual a tarefa a ser avaliada, quais os resultados esperados comparados com o que foi entregue.

Um sistema é algo rotineiro, caso contrário não surtirá os efeitos almejados de coleta de dados para avaliação. Sendo assim, o sistema de avaliação de desempenho visa a análise de entrega dos funcionários analisados e serve como base para promoções, aumentos de salário e bonificações.

Resumindo o que foi explicado até agora, temos que:

  • Um sistema de avaliação de desempenho deve ser personalizado, de acordo com as necessidades da empresa e do objeto de análise: qual funcionário, qual equipe, qual tarefa;
  • O sistema precisa ter um alvo, ou seja, o que se espera que vai ser entregue, para que se possa medir a entrega real, analisando-a;
  • A análise deve ser frequente, rotineiramente, a fim de que se possa coletar dados suficientes para embasá-la. Não vai funcionar avaliar num dia sim e três dias não!
  • É uma ferramenta para tomada de decisões: com ela é possível embasar aumento de salário, bonificação e promoção do seu colaborador avaliado.

Métodos de avaliação de desempenho

Há muitos métodos e tipos de avaliação de desempenho e o gestor precisa encontrar uma que se enquadre nas suas necessidades. Antes de fazer sugestões, o gestor precisa saber que, sim, dá para fazer no método antigo: com planilhas e, até mesmo, com pranchetas. Quem nunca viu essa imagem: um gestor com uma prancheta avaliando e tomando nota dos aspectos importantes?

Mas é possível que o gestor se beneficie da tecnologia, através de softwares que permitem uma real avaliação, de acordo com as suas necessidades.

De novo, o preenchimento dos dados deve ser realizado pelo avaliador, mas a tecnologia ajuda muito: basta clicar num único botão e conseguir relatórios detalhados de qualquer aspecto almejado no desempenho das tarefas.

Se pensarmos na ferramenta PDCA, podemos dizer que um tipo de sistema de avaliação de desempenho por tarefa, pode ser o seguinte, em que:

  • P (plan): em português, planejar;
  • D (do): em português, fazer;
  • C (check): em português, checar;
  • A (act): em português, agir.

Objetivos do sistema de avaliação de desempenho

Podemos dizer que é exatamente esse o objetivo de um sistema de avaliação de desempenho, pois o gestor irá:

  • Planejar: qual a tarefa e como ela deverá ser executada;
  • Observar o funcionário no desenvolvimento da tarefa, se seguiu o passo a passo previsto no planejamento - que deverá ter sido passado para a equipe;
  • Checar a tarefa entregue: se a entrega cumpriu os requisitos obrigatórios e quais aspectos a serem melhorados;
  • Agir corretivamente: quanto mais cedo o gestor possuir os dados da avaliação (por isso o sistema precisa ser realizado diariamente), mais cedo pode corrigir uma eventual falha, otimizando a eficiência dos itens avaliados e concedendo os feedbacks para os executores da tarefa.

Este é um dos métodos que também fazem parte da avaliação de desempenho, uma vez que possui todas as etapas necessárias e é um ótimo exemplo de como funciona a avaliação por tarefas.

E tudo isso, se o gestor optar por implementar um sistema digital, fica ainda mais facilitado com o uso desta tecnologia. Vale a pena conferir.

Avaliação de desempenho por competências

Avaliação de desempenho por competências

Outra possibilidade para o gestor é realizar as avaliações por competência, em que, ao invés de avaliar determinada tarefa realizada por determinado colaborador, o gestor irá avaliar a competência dos funcionários, e prestar atenção nos quesitos que ele julgar importantes para a empresa, podendo ser avaliados:

  • Competências comportamentais: julgará valores, tais como proatividade, trabalho em equipe, liderança, inteligência emocional e tomada de decisões;
  • Competências técnicas: o gestor avaliará a habilidade técnica do colaborador no que diz respeito aos seus cargos, tais como conhecimento sobre as máquinas, softwares e demais habilidades necessárias - como já dito, cada empresa personalizará o seu sistema de avaliação de desempenho.

Outras ferramentas de avaliação

Outras ferramentas que poderão ser usadas como etapas da ferramenta que é a avaliação de desempenho são:

  • Avaliação 360º: o colaborador é avaliado, além dos superiores e gestores, por seus colegas, outros funcionários, fornecedores e, se for o caso, até mesmo por clientes;
  • Avaliação 180º: ferramenta pela qual o colaborador é avaliado somente pelos seus superior e gestores.

O método ou o tipo não importa, o fato é que toda empresa precisa implementar um sistema de avaliação para desempenho o quanto antes, seja por papel e planilhas ou por tecnologias e softwares.

Isso porque garantir um feedback assertivo, o alcance de metas e fundamentar as tomadas de decisão, faz com que o todo da empresa seja muito mais eficiente e os resultados sejam entregues com a desenvoltura esperada para o crescimento da mesma.

Além do mais, para manter sempre o nível alto, o funcionário se sentirá seguro ao saber o que é esperado dele. Nesta segurança, ele ficará mais motivado e produzirá mais. Os benefícios são para toda a equipe.

Acompanhe o melhor conteúdo sobre
gestão de Recursos Humanos!

Deixe seu e-mail e receba conteúdo para aumentar o seu desempenho na gestão de pessoas!

O que você achou do post?

1 Resposta

Deixe seu comentário