Retenção de talentos - O que é, métodos e processo

O que significa retenção de talentos? E como as empresas trabalham com a retenção de talentos? Entenda todo o processo e como aplicá-lo na sua empresa.

retenção de talentos dentro da empresa

Atualmente as empresas estão bastante focadas na criação de uma cultura forte no ambiente de trabalho, de maneira que engaje todos os funcionários e seja capaz de atrair mais talentos para dentro da companhia. Isso se enquadra no processo de retenção de talentos, um conjuntos de práticas do Recursos Humanos que irá fazer a diferença na maneira como os funcionários se comportam em relação à empresa.

De maneira bastante simples, podemos explicar o que significa retenção de talentos em poucas palavras: trata-se de um conjunto de práticas que mantém funcionários de alto nível (talentos) dentro da empresa. É importante que diferenciais e benefícios sejam fornecidos a todos os empregados da empresa, já que há uma grande competitividade no mercado de trabalho e ninguém quer correr o risco de perder grandes talentos que fazem a empresa ser um sucesso.

A forma como as empresas trabalham com a retenção de talentos é um diferencial que pode aumentar o engajamento da equipe e produtividade do trabalho de uma maneira geral. A busca por meios de motivar os colaboradores é um trabalho essencial do RH para garantir um bom desenvolvimento da empresa.

Mas, apesar de soar simples, esse não é um trabalho tão fácil assim. É necessário empenho e dedicação de todos os envolvidos dentro da empresa para fazer o conceito de retenção de talentos funcionar efetivamente.

Benefícios da retenção de talentos

Antes de partir para as estratégias em si, talvez seja interessante você entender um pouco mais do porquê é tão importante pensar no conceito de retenção de talentos. Para fazer isso, vamos mencionar alguns dos benefícios que esse processo pode trazer para a empresa como um todo.

Engajamento e produtividade

Uma equipe onde todos estão com o pensamento alinhado e focados no crescimento da empresa, faz com que todos também se sintam mais confortáveis e engajados em realizar os objetivos para torná-los realidade em menos tempo e com maior qualidade.

Economia para a empresa

A rotatividade de empregados vem com grandes custos ao longo do caminho, então quanto mais você evitar esse turnover, melhor será para a sua empresa. Todo o custo que o desligamento de um funcionário traz poderia ser melhor investido em melhorar a qualificação desse mesmo funcionário. Faça essa consideração.

Atração de novos talentos

Uma empresa que apresenta baixa rotatividade de funcionários torna-se bastante atrativa no mercado de trabalho, visto que mostra que se importa com seus funcionários, trazendo mais segurança ao profissional que está interessado em fazer parte do time.

Quais são, então, as melhores estratégias para a retenção de talentos? Confira a seguir.

Estratégias para a retenção de talentos

estratégias para a retenção de talentos

Criar um ambiente de trabalho agradável

Investir em elementos como organização e estruturação da empresa será uma boa maneira de aumentar a qualidade de vida dentro do ambiente de trabalho. O principal motivo pelo qual os talentos profissionais se incomodam e tem um aumento de estresse é por conta do tempo que passam dentro do escritório. Então também seria interessante oferecer maior flexibilidade de horários, assim como uma sala de lazeres para horários de intervalo no trabalho.

Criar uma boa comunicação entre a equipe

Não há dúvidas de que a comunicação é o fator por trás do sucesso de toda e qualquer empresa. O diálogo é essencial para que todos os empregados e empregadores estejam com objetivos alinhados, fazendo assim com que as tarefas sejam feitas de maneira mais efetiva.

Além de que, usar a comunicação e manter esse clima de amizade dentro do escritório irá tornar o ambiente de trabalho mais agradável para todas as partes.

Ser um exemplo de liderança

Se o dono da empresa se faz presente no dia a dia dos funcionários, ele deve ser o maior exemplo de todos. Porém, ainda assim é importante que todos os funcionários que tenham algum cargo de liderança sejam exemplos entre si e para o restante da equipe. Para fazer isso, basta que o profissional seja pró ativo, engajado e interessado em trazer sucesso para a empresa.

Claro que também há outros detalhes que podem ser levados em conta, como, por exemplo, chegar no horário correto e realizar as tarefas de maneira que entregue resultados reais.

Dar feedbacks construtivos

A cultura do feedback já se faz presente em muitas empresas atualmente e ela funciona como um retorno de informações (sejam críticas ou elogios) para cada colaborador da empresa. Dessa maneira, todos conseguem estar a par do que devem continuar fazendo e do que precisam melhorar.

Ao dar feedbacks, os chefes podem também dar dicas e sugestões de como cada um pode tentar mudar e melhorar nos respectivos aspectos. Claro que também deve-se dar o feedback para a equipe como um todo.

Além disso, os funcionários também podem dar feedbacks sobre seus chefes. Afinal, isso faz parte da comunicação que mencionamos antes. E um chefe disposto a ouvir e mudar suas atitudes também se enquadra como um bom exemplo de liderança - assim como mostra que tem consideração pelo time e uma boa disposição para fazer a empresa crescer.

Montar um plano de carreira

Todo funcionário que se preze gosta de trabalhar em uma empresa onde ele possa crescer, ter uma perspectiva de futuro e uma carreira planejada. Esses fatores fazem toda a diferença na hora de escolher um emprego. É interessante traçar metas e objetivos que desafiem e motivem o colaborador a continuar fazendo um bom trabalho, isto porque os profissionais mais talentosos estão sempre em busca de aprender e se tornarem mais capacitados.

Uma boa dica é investir em cursos e treinamentos, mostrando o seu interesse no time e no crescimento de talentos individuais. Além disso, oferecer um plano de carreira detalhado e claro é uma grande estratégia para reter talentos dentro da empresa.

Utilizar a estratégia de gamificação

Falando em traçar metas e objetivos, esse é um bom gancho para utilizar a estratégia de gamificação e oferecer pequenas recompensas por cada objetivo completado. O reconhecimento, mesmo que seja apenas um elogio feito na frente da equipe inteira, faz o profissional se sentir valorizado, uma peça fundamental na equipe e motivado a continuar o seu bom trabalho.

O papel do RH na retenção de talentos

O Recursos Humanos da empresa é quem tem a principal tarefa de trabalhar nas estratégias de retenção de talentos, desde o recrutamento até o controle de desempenho. Pode-se dar suporte aos funcionários por meio de treinamento, remuneração e avaliação de desempenho.

Acompanhe o melhor conteúdo sobre
gestão de Recursos Humanos!

Deixe seu e-mail e receba conteúdo para aumentar o seu desempenho na gestão de pessoas!

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário