O que é Contabilidade Gerencial e porquê utilizá-la na sua empresa

Para uma gestão administrativa de qualidade, é imprescindível uma base de dados detalhada de cada setor da empresa. Por isso, você precisa conhecer a Contabilidade Gerencial.

Contabilidade gerencial empresa

O planejamento e a organização são dois itens fundamentais para o sucesso de um negócio. E para isso, é essencial uma mensuração dos dados financeiros de cada setor.

Caso contrário, a administração do gestor fica comprometida, fazendo com que a empresa corra riscos desnecessários.

Por esse motivo que o conceito de contabilidade gerencial é tão importante na gestão empresarial. E por isso, também, que empresas, de diferentes ramos, têm investido no uso de dados contábeis cada vez mais detalhados para planejamento de custos, controle de dívidas e tomada de decisões.

Qual o conceito de Contabilidade Gerencial

Essa é uma técnica que fornece informações financeiras específicas aos gestores. Assim, é possível ampliar a visão administrativa, obtendo relatórios diários de dados como:

  • qual atividade gera maior lucratividade para a empresa;
  • qual a taxa de retorno dos investimentos em marketing, em treinamento de funcionários e outros;
  • quais custos são desnecessários ou pouco urgentes;
  • quais setores estão lucrando mais, quais precisam melhorar e etc.

Essas informações serão valiosas, também, para o planejamento do trabalho em equipe do gestor ou para qualquer decisão diária, já que promove o conhecimento profundo da situação da empresa, facilitando a análise às tendências financeiras como as épocas de pico de vendas e as de crises.

Finalidade da Contabilidade Gerencial nas empresas

Na prática, a Contabilidade Gerencial está voltada para o controle interno da empresa, auxiliando no processo decisório relativo aos custos.

Utiliza-se de diferentes conhecimentos, desde os de contabilidade de modo geral até os de estrutura organizacional. Dessa forma, necessita de um sistema gerencial eficaz.

Esse é um processo que vai desde a identificação, mensuração, avaliação, análise e interpretação até a comunicação dos dados à gerência. E deve funcionar diariamente, gerando relatórios das informações contábeis.

Assim, os gestores são capazes de fazer escolhas com base em dados reais, podendo melhorar suas estratégias e táticas administrativas.

Como fazer um relatório de Contabilidade Gerencial

Um relatório gerencial pode ser feito de vários formatos, dependendo dos objetivos e do público-alvo. Por essa razão, o controlador ou controller, isto é, o responsável pela contabilidade gerencial, deve se ater a uma metodologia eficiente para gerar documentos que sejam - de fato - úteis para o objetivo do gestor.

Veja como fazer um relatório em três etapas:

1.  Foco

Antes de tudo, o controller precisa saber qual o foco do seu relatório, ou seja, o que, exatamente, o gerente necessita. Esse documento será para análise e tomada de decisões específicas, assim, precisa ser apto para a função.

Dependendo das exigências administrativas, o relatório pode ser:

  • Financeiro: controle de fluxo de caixa; de contas a pagar e a receber; despesas mensais; investimentos e outros.
  • Controle interno: informações de estoque, de metas obtidas, de materiais disponíveis e outros.
  • Satisfação: dados de satisfação de clientes e de colaboradores.
  • Econômico: informações da situação da empresa em relação ao mercado ou de setores específicos.
  • Analítico: apresentando os dados já analisados e com possíveis resoluções para problemas encontrados.

Nesse sentido, precisa-se saber qual será o tipo de relatório necessário para a situação, antes de elaborá-lo.

2.  Conteúdo

Depois de delimitar o foco, é hora de escolher os conteúdos certos. Não se deve colocar nada além do necessário, para não confundir o leitor.

Desse modo, os conteúdos devem ser objetivos, atualizados, úteis e totalmente confiantes.

3.  Formato

É essencial que se escolha um formato certo de acordo com o objetivo e o público-alvo. Conforme a necessidade, deve-se apresentar gráficos, índices, análise de problemas e etc.

No entanto, em outras situações, uma simples tabela pode resolver.

A importância da Contabilidade Gerencial

Atualmente, pode ser difícil manter um negócio ativo no mercado, sem débitos e gerando bons lucros. Por isso, que é necessário que você, administrador, não tome decisões que não geram lucros ou até mesmo que trazem prejuízos.

Um líder moderno deve sempre se basear em dados na hora de fazer suas escolhas, para não correr riscos desnecessários e não colocar a empresa em situações complicadas.

Por esses motivos que a Contabilidade Gerencial se faz extremamente necessária para o sucesso de uma empresa. Não exite em aplicá-la na sua empresa, no entanto, é importante ter um sistema de software de gestão, com todos os conteúdos necessários na hora de fazer os relatórios gerenciais.

Além disso, seu trabalho será mais eficiente com informações em tempo real à sua disposição em qualquer lugar ou hora.

Acompanhe o melhor conteúdo sobre
gestão de Recursos Humanos!

Deixe seu e-mail e receba conteúdo para aumentar o seu desempenho na gestão de pessoas!

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário