Como desenvolver o Capital Humano nas empresas

Para obter sucesso, uma empresa precisa desenvolver seu Capital Humano. Portanto, saiba como investir nos seus colaboradores e ter resultados ainda melhores.

Capital humano empresas.

O capital humano de uma empresa são seus colaboradores. Ou, melhor dizendo, o conjunto de conhecimento, habilidades e atitudes representados por eles. São seus atributos que, estimulados pela empresa, produzem valor econômico.

O que muitos empreendedores acabam esquecendo ou, até mesmo deixando de lado, é que devem investir no desenvolvimento dos seus colaboradores. Afinal, capital humano implica em capital financeiro. Portanto, embutido no termo se tem o significado de investimento.

Empresas que investem no capital humano desenvolvem, ao mesmo tempo, sua equipe e o possível sucesso do negócio. Os empregadores e setores de Recursos Humanos devem proporcionar ao time um ambiente de trabalho que inspire motivação.

Seus colaboradores são sua riqueza, sem investir neles e em suas carreiras, você estará fadado, gradativamente, a perder seus talentos. Para que isso não aconteça, é imprescindível valorizar seu capital humano.

Para lhe ajudar, veja abaixo, 4 formas que o auxiliarão a desenvolvê-lo:

1 - Programas de Capacitação

Como dito acima, não adianta apenas esperar que seus colaboradores se sintam inteiramente envolvidos com os objetivos da empresa. É preciso trabalhar no seu capital humano, investindo em programas de capacitação, por exemplo. Promova treinamentos, palestras, rodas de conversa para os funcionários.

Dessa forma, investirá no desenvolvimento dos conhecimentos e habilidades de cada um na tarefa que desempenha. É recomendável uma capacitação contínua, pois, além de trazer benefícios para a produtividade da sua empresa, desenvolve no colaborador uma perspectiva de carreira, repleta de sonhos, objetivos e metas a serem cumpridas.

2 - Plano de Carreira

Complementando o primeiro ponto, desenhe para seu colaborador um plano de carreira, respeitando, é claro, a individualidade de cada um.

Mostre a ele que vale a pena investir tempo e dedicação em sua empresa, que ali poderá crescer como profissional e, consequentemente, financeiramente. Pretensões de futuro e salário engajam qualquer profissional.

3 - Clima Organizacional

O terceiro ponto é cuidar do clima organizacional da sua empresa. A primeira coisa a se fazer é uma pesquisa de campo e uma avaliação de desempenho para saber como anda o clima dentro do seu negócio. Parece obviedade, mas, somente com essa informação você poderá trabalhar para melhorar o que precisa ser melhorado.

Para manter um clima organizacional de alto nível, sua empresa precisa ter uma liderança. Alguém que inspire - estrategicamente - organização e que seja um exemplo de profissional e acessibilidade.

Cuide do ambiente de trabalho dos seus colaboradores, porque é ali que seu capital humano estará diariamente. Para desenvolvê-lo, é preciso que as condições sejam favoráveis para tal. Qual profissional é produtivo em um ambiente desagradável, com competitividade desorganizada, picuinhas e desigualdades?

A equipe deve ter uma relação saudável, ser unida e desenvolvida igualmente. Apostar em confraternizações e gamificações podem ajudar no processo.

4 - Estratégia de Gamificação

Por último, investir em estratégia de gamificação. Esse ponto poderá trazer bons frutos para a relação empresa-colaborador, estimulando os colaboradores por meio de jogos. Aqui, seu desempenho e produtividade se transformarão em pontuação, ranking e troféus, resultando em recompensas reais, como bonificações. Incrível, não?

A gamificação realiza um papel significativo no capital humano e deve ser levada em conta quando o assunto é desenvolver o mesmo.

A importância do Capital Humano nas empresas

O que o empregador pode ter certeza é que o colaborador estimulado reembolsará o investimento feito. É importante, em muitos aspectos, zelar pelo capital humano nas empresas. Um deles é que o custo de investir na sua equipe será menor do que na contratação de outros funcionários e no treinamento dos mesmos.

Fazendo isso, as chances de reduzir turnover também são altas. O que a curto, médio e longo prazo implica na estabilidade do negócio.

Agora que você entendeu como desenvolver sua equipe, é hora de pôr tudo isso em prática. Pois, é dessa maneira - por meio de conhecimentos, habilidades e atitudes - que o capital humano renderá resultados financeiros para a sua empresa.

Acompanhe o melhor conteúdo sobre
gestão de Recursos Humanos!

Deixe seu e-mail e receba conteúdo para aumentar o seu desempenho na gestão de pessoas!

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário