Práticas para uma avaliação de desempenho por competências dos funcionários

A avaliação de desempenho por competência pode ser um grande aliado para o crescimento dos colaboradores e da empresa. Descubra como realizá-la e quais benefícios possui.

Avaliação de desempenho competências

A avaliação de desempenho por competências tem grande valor dentro de uma empresa, pois é ela que indicará quem será desligado, aprimorado ou possui destaque dentro da organização, ajudando a manter o crescimento dos negócios.

Essa avaliação é utilizada para analisar de forma específica o desempenho do colaborador em suas funções, determinando a qualificação e possíveis pontos que podem ser melhorados.

Compara-se as competências dos funcionários com as necessidades da empresa, avaliando metas, objetivos, técnicas, comportamento e gerência, ou seja, a qualificação é determinada com base nos conhecimentos, habilidades e atitudes.

Como fazer uma avaliação de desempenho

Uma avaliação de desempenho deve ser realizada com cuidado, não abrindo espaço para as pessoas acusarem erros ou injustiça, para isso, o avaliador precisa ser imparcial.

Para iniciar o processo de criação de uma avaliação de desempenho, realizamos um planejamento passo a passo, veja:

1.  Defina as competências

Antes de iniciar as avaliações, você precisa saber quais competências serão avaliadas, lembrando que podem ser técnicas comportamentais ou gerenciais.

2.  Escolha o período das avaliações

Após escolher o que deseja avaliar, deverá definir com que frequência essas avaliações serão aplicadas: semanais, mensais, semestrais ou anuais.

3.  Defina a metodologia

Pense em quais modelos de avaliação irá utilizar. Pesquise, estude a forma de aplicação e separe os métodos que podem contribuir para as descobertas que você deseja fazer. No decorrer deste artigo vamos dar algumas dicas com modelos de avaliação de desempenho para ajudá-lo.

4.  Avaliação

A avaliação será colocada em prática visando observar o domínio das:

  • competências técnicas, levando em consideração os conhecimentos que o colaborador possui para executar suas tarefas;
  • competências comportamentais, avaliando o comportamento do colaborador em seu departamento e como sua forma de agir afeta sua função na empresa;
  • competências gerenciais, verificando as atitudes como líder de equipe e a organização de suas próprias tarefas e de terceiros.

5.  Melhorias e feedback

Após os resultados, é necessário iniciar um plano de ação que busque melhorias, com o objetivo de corrigir falhas e atingir resultados mais satisfatórios para o crescimento da empresa.

Lembre-se que os resultados de cada avaliação devem ser sigilosos, com feedback particular e individual com cada colaborador.

Tipos de avaliação de desempenho

Existem três tipos que são mais utilizados e vamos oferecê-los como exemplos de avaliação de desempenho:

Avaliação 90º

Esse tipo de avaliação é realizada somente pelo superior hierárquico. O gerente é quem investiga e mede o desempenho individual do funcionário de forma direta, analisando os pontos fortes e fracos da sua função na empresa dentro de um período definido, por exemplo, como foi a produtividade do colaborador no último ano. Ao identificar as dificuldades, o superior pode auxiliar na melhora.

Avaliação 180º

Na avaliação 180º, o líder analisa individualmente o desempenho de um profissional discutindo os resultados que surgem com o avaliado. Este tipo de avaliação permite apenas uma visão sobre o colaborador, por isso é importante que a empresa possua uma cultura forte que valorize o feedback entre funcionários como uma forma de evolução.

Avaliação 360º

Também conhecido como “feedback 360º”, esse tipo de avaliação consiste na união de líderes, gerentes, colegas, clientes, fornecedores e o próprio colaborador na busca de um resultado.

Todos estes citados devem apontar pontos do avaliado que acreditam ser fortes ou fracos, efetuando uma análise completa da sua atividade na empresa, sendo possível encontrar lacunas para serem desenvolvidas, gerando o crescimento profissional e, consequentemente, da empresa.

Benefícios da avaliação por competência

  • identifica bons desempenhos;
  • identifica falhas nas funções;
  • destaca habilidades;
  • ajuda a definir novos cargos;
  • possibilita o reconhecimento e aumento de remuneração;
  • permite o conhecimento das maiores dificuldades das equipes;
  • garante o sucesso de treinamentos;
  • aumenta motivação e produção;
  • promove melhoria constante.

Um dos principais objetivos da avaliação é desenvolver o potencial dos colaboradores, revelando talentos que caminhem junto dos objetivos da empresa, gerando crescimento contínuo e mútuo.

E aí, ficou com alguma dúvida? Já costuma fazer a avaliação de desempenho na sua empresa? Conta pra gente!

Sua planilha foi enviada para
seu e-mail.

Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário