Ponto Móvel: Conheça o controle de ponto para trabalho externo

O controle de ponto é essencial para a organização do RH de uma empresa. Mas, como controlar quando o trabalho é externo?

Ponto móvel externo.

Para controlar as horas trabalhadas de cada funcionário, as empresas tendem a anotar a hora de entrada e de saída dos empregados, em registro manual, mecânico ou eletrônico.

Esse registro é essencial para uma remuneração adequada. Desse modo, é importante que todos os funcionários tenham um controle de ponto, mesmo os de trabalho externo, de teletrabalho, home office e outros.

No entanto, sabemos que pode ser complicado fazer esse controle. Muitas vezes, a única saída é manter um controle manual, em folhas de ponto, caderno ou planilhas, gerando mais trabalho para a empresa.

Controle de ponto de trabalho externo

O controle das horas trabalhadas dos profissionais, externos ou não, é de responsabilidade do empregador, podendo gerar multas pela fiscalização do trabalho, em casos de não registro.

Com a Medida Provisória 881, de abril de 2019, os estabelecimentos com mais de 20 funcionários ainda são obrigados a registrar ponto, os que não ultrapassarem esse número, estão isentos. Contudo, essa medida ainda é obrigatória a todos em horas extras, folgas, férias e outras exceções na rotina de trabalho.

Pensando nisso, é necessário que as horas dos trabalhadores, que não estão presentes no estabelecimento, sejam tão bem registradas quanto as dos que estão. Para que não ocorra nenhum problema ou injustiça, principalmente, na contagem de horas extras.

Ou seja, os direitos trabalhistas de um vendedor externo, por exemplo, são iguais aos de um vendedor interno, mesmo que seja mais complicado fazer o registro do trabalho externo. Portanto, é fundamental que haja um controle de ponto para todos os empregados da empresa, por segurança e, também, para a organização do RH.

Para essa gestão de jornada trabalhada, muitos estabelecimentos adotam o cartão de ponto externo. Ou seja, um cartão de papel onde o trabalhador anota, manualmente, as horas e os minutos que iniciou o trabalho e que terminou.

Mas essa medida é um pouco trabalhosa, já que, ao fim do mês, o Recursos Humanos precisará checar todo o cartão. Se você está enfrentando essa situação e gostaria de um controle de ponto de trabalho externo mais inteligente, vai adorar saber da existência do ponto móvel.

O download da Planilha de Horas completa começou automaticamente.

Caso não tenha iniciado,
clique aqui para baixar.

O que é o Ponto Móvel

O ponto móvel funciona de modo semelhante ao ponto eletrônico, contudo, pode ser feito em qualquer lugar. Isso porque, o ponto móvel pode ser feito de forma digital por dispositivos, como o próprio celular do funcionário, ou por biometria num aparelho móvel.

Assim, o trabalhador externo pode registrar sua entrada e saída em tempo real e de onde estiver. Evitando um trabalho extra para o RH ou mesmo em situações em que, antes do trabalho externo, o funcionário tenha que passar na empresa para registrar o ponto.

Vale ressaltar que o ponto móvel é uma forma de registro totalmente legal para Legislação trabalhista.

Quais os tipos de Ponto Móvel

Pode ser digital, um aplicativo para uso em smartphones, tablets, notebooks e afins, ou um aparelho biométrico para ser levado ao trabalho externo.

Ponto Móvel Biométrico

Essa forma de registro pode ser bem melhor do que a manual, em termos de tempo e praticidade, principalmente para o RH.

Este é um ponto eletrônico e funciona de forma semelhante aos que se tem fixos nas empresas, isto é, por meio da biometria do funcionário e, normalmente, tem a opção de imprimir um comprovante.

Este mecanismo não costuma utilizar a internet. O principal diferencial é que pode ser levado a qualquer lugar.

Ponto Móvel Digital

Nesse caso, o registro de ponto pode ser ainda mais interessante. A opção digital funciona por meio de armazenamento em nuvem, garantindo a segurança das informações registradas.

Em termos de uso, é parecido com o biométrico, pois em alguns aparelhos pode ser utilizada a biometria na hora do registro ou mesmo a câmera para o reconhecimento facial.

O ponto móvel digital, normalmente, funciona online, mas há opções que funcionam offline também. Vale pensarmos que esse tipo de ponto pode fazer uso do GPS do smartphone ou do dispositivo que estiver utilizando, tornando o registro mais confiável e assertivo.

As duas opções de ponto móvel encontram-se num preço acessível, que pode valer a pena pelo custo-benefício.

Acompanhe o melhor conteúdo sobre
gestão de Recursos Humanos!

Deixe seu e-mail e receba conteúdo para aumentar o seu desempenho na gestão de pessoas!

O que você achou do post?

1 Resposta

Deixe seu comentário