É permitido trabalhar 9 horas por dia?

Não fique com essa dúvida nem mais um dia: entenda como funciona a jornada de trabalho conforme a CLT e descubra se é permitido trabalhar 9 horas por dia.

Permitido trabalhar 9 horas por dia

Trabalhadores regidos pela CLT não podem exceder 44 horas semanais de trabalho. Entretanto, podem fazer até 2 horas extras diárias. Quando se pergunta se é permitido trabalhar 9 horas por dia, geralmente refere-se a contar o intervalo dentro da jornada. Alguém que trabalha das 8h às 12h e das 13h às 17h, tem um intervalo de almoço entre 12h e 13h, que não conta como trabalho, apesar do profissional estar na empresa.

Outra confusão que acontece em torno das horas e causa dúvida é a contagem do funcionário que trabalha 8 horas em 5 dias da semana. Nesse caso, o saldo de horas dele será de 40 horas e, portanto, vão faltar 4 horas para cumprir.

Por isso, é muito comum que essas 4 horas sejam distribuídas ao longo da semana ou até mesmo completadas aos sábados, conforme o contrato. Sabe aquelas empresas que têm um horário em que o final do expediente acontece às 17h48min? É por isso.

Trabalho de 9 horas por dia de segunda a sexta

Assim sendo, não existe trabalho de 9 horas por dia. O que existe é uma jornada que, incluindo o intervalo de 1 hora, chega a 9 horas, mas com 8 horas trabalhadas, dentro da lei.

Ou o que existe é uma jornada de 8h48min de segunda a sexta, que são quase 9 horas, para fechar as 44 horas semanais, a fim de que os trabalhadores não precisem comparecer na empresa durante meio turno aos sábados. É assim que é possível dividir 44 horas em 5 dias de trabalho.

O download da Planilha de Horas completa começou automaticamente.

Caso não tenha iniciado,
clique aqui para baixar.

Quantas horas de trabalho por dia

As horas de trabalho por dia, também chamada de jornada de trabalho, é o tempo que o trabalhador fica à disposição da empresa, quer dizer, o tempo que o profissional usa para executar o trabalho pelo qual é remunerado. Portanto, intervalos não contam como jornada de trabalho.

O horário de almoço é chamado de intervalo intrajornada, enquanto o intervalo entre uma jornada e outra é chamado de interjornada.

Portanto, a pergunta a ser feita não é se quem trabalha 9 horas tem direito a intervalo, mas se o funcionário completa 44 horas semanais de trabalho - com 48 minutos extras de segunda a sexta ou com meio turno no sábado - e se os intervalos previstos por lei são respeitados, além das horas extras.

Horas extras

Quando se fala em jornada de trabalho na CLT, não podemos deixar de falar sobre a possibilidade de hora extra. Segundo a lei:

“Art. 59.  A duração diária do trabalho poderá ser acrescida de horas extras, em número não excedente de duas, por acordo individual, convenção coletiva ou acordo coletivo de trabalho.
§ 1º A remuneração da hora extra será, pelo menos, 50% (cinquenta por cento) superior à da hora normal.”

Ou seja, além de não poder exceder duas horas diárias, essas horas devem ser remuneradas com pelo menos 50% de acréscimo do valor da hora normal do trabalhador.

Também é possível acrescentar essas horas em um sistema de banco de horas para futura compensação, como citado no 2º parágrafo do mesmo artigo:

“§ 2º  Poderá ser dispensado o acréscimo de salário se, por força de acordo ou convenção coletiva de trabalho, o excesso de horas em um dia for compensado pela correspondente diminuição em outro dia, de maneira que não exceda, no período máximo de um ano, à soma das jornadas semanais de trabalho previstas, nem seja ultrapassado o limite máximo de dez horas diárias.”

A lei também coloca que se ocorrer rescisão do contrato de trabalho sem que tenha acontecido a compensação das horas extras, o funcionário tem direito ao pagamento das horas extras não compensadas, que devem ser calculadas sobre o valor da remuneração na data da rescisão.

Que tal facilitar o controle da jornada de trabalho dos seus funcionários? Com o ponto eletrônico e banco de horas da Coalize, você pode escolher uma jornada de trabalho e configurar conforme as regras do expediente de um time ou de toda a sua empresa, sem ficar com dúvida se é permitido trabalhar 9 horas por dia.

Evite de uma vez por todas problemas judiciais usando um gerenciamento completo das horas trabalhadas, sem complicação!

Sua planilha foi enviada para
seu e-mail.

Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário

Ponto eletrônico e Banco de Horas

Pedir demonstração