Como fazer um fluxograma de admissão para novos funcionários

Conheça um pouco sobre o fluxograma de admissão e saiba quais tópicos são indispensáveis no momento de desenvolver esta tática.

Fluxograma de admissão

O fluxograma de admissão é uma tabela gráfica que representa em ordem, ou seja, todos os passos que uma empresa precisa seguir para finalizar uma contratação.

Além deste mecanismo facilitar o processo de contratação, ele permite também com que o funcionário tenha controle do seu próprio processo admissional.

Ele ainda contribui com o armazenamento de informações que poderão ser utilizadas futuramente pela empresa, auxiliando o gestor de RH a desenvolver uma fiscalização com os erros que podem ocorrer durante os procedimentos de admissão, diminuindo-os.

Como fazer um fluxograma de admissão?

Para desenvolver o fluxograma é preciso organizar todo o processo de admissão do funcionário.

Selecionar quais exames serão exigidos e quais os documentos necessários devem ser apresentados quando solicitados, é uma dessas etapas.

É importante destacar também outros tópicos, para que seja possível o acompanhamento de todo o processo admissional, tais como:

  • início do processo/abertura da vaga;
  • exames admissionais;
  • documentação para admissão;
  • integração;
  • missão, visão e valores da empresa;
  • informações sobre data de pagamento, horários e normas da empresa;
  • apresentações do ambiente de trabalho e dos demais colegas;
  • explicação sobre os sistemas e softwares internos.

Você pode acrescentar outras etapas que sejam importantes para a sua empresa, lembrando que o fluxograma é uma ferramenta extremamente adaptável, ou seja, você elabora o seu, de acordo com a necessidade da sua organização, para suprir as necessidades do setor de RH.

Abaixo, a gente elaborou um exemplo detalhado de um fluxograma de admissão que você pode usar como base para desenvolver um personalizado para seu negócio.

Exemplo fluxograma de admissão

Esse fluxograma tem como objetivo auxiliar o gestor e o próprio candidato com os passos da contratação, evitando com que algum procedimento seja esquecido. Sendo assim, algumas etapas não podem ficar de fora no momento em que você for criá-lo para a empresa.

Confira a nossa seleção de itens recomendáveis.

Exame médico

O exame médico tem uma grande importância durante o processo de contratação, pois é através destes exames que o empregador saberá se o novo funcionário está apto ao cargo.

Durante o exame, o contratado responderá a algumas perguntas que o médico especializado fará. Após o questionamento, é importante que exames físicos também sejam realizados.

Informação sobre a empresa

Informe sobre a visão, a missão e os objetivos e metas da empresa. Outras informações também auxiliam que o contratado entenda a linha de pensamento que guia a empresa, fazendo com que siga a mesma direção da organização.

Caso o funcionário não tenha conhecimento sobre o que orienta a empresa, sua performance pode ser baixa.

E, se houver baixo comprometimento, todo o processo admissional será desvalorizado, o que - por consequência - pode aumentar o número de turnover na empresa.

Sistemas e ferramentas de trabalho

Apresente todos os sistemas, softwares e outras ferramentas que o colaborador irá utilizar para exercer sua função.

Oferecer um bom treinamento pode ser a peça-chave para desenvolver e aumentar a produtividade do contratado.

É necessário que o funcionário saiba utilizar todo e qualquer sistema que fará parte da sua rotina de trabalho, para que continue motivado e não perca tempo de produtividade tentando entender sozinho alguma ferramenta.

Porém, vale ressaltar que, antes do fluxograma de admissão, existe um outro mecanismo que facilita o controle administrativo do setor de RH, chamado fluxograma de recrutamento e seleção.

Este, por sua vez, é um ato administrativo que deve vir antes de uma admissão e visa selecionar o candidato ideal para a vaga que está aberta.

Recrutamento e seleção

Este diagrama é de uso restrito ao setor de RH e é utilizado para guiar os passos de uma entrevista e analisar se o candidato está apto ao cargo disponível, obtendo assim uma retenção melhor das habilidades, de acordo com cada setor.

Nesta etapa o gestor controla os exames e os testes que precisam ser realizados.

O fluxograma de recrutamento e seleção auxilia muito em todos os procedimentos de admissão, principalmente quando a empresa precisa contratar uma grande quantidade de funcionários, em uma única vez.

Desta forma, é preciso desenvolver o fluxograma com os seguintes procedimentos, por exemplo:

  • características/desenho do cargo;
  • análise dos currículos, de acordo com a vaga disponível;
  • entrevistas e testes psicológicos;
  • testes de conhecimento específico;
  • dinâmicas voltadas ao relacionamento no ambiente de trabalho; e
  • parecer/resultados dos testes e exames.

Veja a nossa sugestão abaixo.

Exemplo fluxograma de recrutamento e seleção

Os fluxogramas utilizados durante todo o processo de recrutamento, seleção e admissão funcionam como uma estratégia para o RH seguir uma etapa de cada vez, durante todo o andamento da contratação, aumentando assim as chances de uma admissão de sucesso.

Estas táticas de organização também ajudam na identificação das características dos profissionais, servindo como documentação registrada para que futuramente possam ser utilizadas, com o objetivo de demonstrar o comportamento e as habilidades do contratado.

Por exemplo: nos passos a seguir, que compõem o fluxograma de recrutamento para seleção e admissão, preserve o cuidado nas etapas de:

Desenho de cargo

Este é o primeiro passo para criar um fluxograma funcional e o RH precisa montar uma definição exata de todas as características fundamentais da função, para que fique claro ao candidato.

Análise dos currículos

É preciso analisar corretamente todos os currículos e relacioná-los com o fluxograma, para saber exatamente quais atribuições e competências são necessárias para preencher a vaga disponível.

Um fluxograma bem estruturado auxilia o gestor nesta tarefa de avaliação, seleção e eliminação de currículos.

Entrevistas e testes psicológicos

Assim como o exame físico é importante para o empregador saber se o candidato está apto para o trabalho, os exames psicológicos possuem a mesma importância.

Através de entrevistas e testes psicológicos, é possível conhecer, entender e saber sobre a saúde mental do contratado e se ele está apto à sua futura função.

Dinâmicas de relacionamento

As dinâmicas fazem parte das últimas etapas de contratação e utilizar esta ferramenta permite com que o gestor analise as características da personalidade que não ficaram tão evidentes nas entrevistas mais formais.

Este processo também serve para criar um ambiente mais comum com o de trabalho, para que o candidato à vaga reaja naturalmente às situações apresentadas, sendo possível observar a reação individual e o trabalho em grupo do novo funcionário.

Por isso, para acompanhar a organização dos fluxogramas é importante que cada etapa escolhida da ferramenta seja realizada com cuidado e eficiência.

Sua planilha foi enviada para
seu e-mail.

Caso não receba, lembre-se de conferir o SPAM ou Lixo eletrônico.

Acompanhe o melhor conteúdo sobre
gestão de Recursos Humanos!

Deixe seu e-mail e receba conteúdo para aumentar o seu desempenho na gestão de pessoas!

O que você achou do post?

0 Respostas

Deixe seu comentário